Compartilhamentos

A placa que indicava a proibição de banho até caiu, bem ao lado uma montanha de lixo doméstico cuspido pelo Rio Amazonas. O trator gigantesco que fazia dragagem do canal está parado completando o cenário de abandono da obra que se arrasta desde o início do ano.

Máquina parada. Atrás o canal permanece assoreado.

Máquina parada. Atrás o canal permanece assoreado.

A dragagem é necessária porque a correnteza do Rio Amazonas empurra a sedimentação e o lixo para dentro do canal de navegação, elevando o fundo do rio. Com o canal mais raso, barcos encalham ou arrastam o fundo causando rachaduras. No início do ano, a Secretaria de Transportes do Estado (Setrap) contratou uma empresa para fazer a dragagem, mas o serviço foi paralisado várias vezes. “Na verdade deparamos com uma quantidade de lixo maior do que havíamos previsto”, disse o secretário de Transportes Bruno Mineiro.

Embarcação fica exposta à vários tipos de acidente.

Embarcação fica exposta à vários tipos de acidente.

Os engenheiros responsáveis pelo serviço viram que seria necessário ter uma draga maior, e os técnicos da Setrap chegaram a orçar a vinda de uma máquina em Belém. O custo ficou inviável. A secretaria abriu uma licitação para contratar uma nova empresa e há dois meses o serviço foi novamente paralisado.

Embarcação fica exposta à vários tipos de acidente.

Na opinião dos donos de embarcações, o traçado do canal que começou a ser dragagem está errado. “O canal ficou muito perto do muro de arrimo. Quando a maré está muito violenta as ondas jogam os barcos contra o muro de arrimo. Isso acontece todo dia. Aconteceu com a gente ontem e arranhou todo o casco. O meu barco acabou de sair da reforma”, reclamou no domingo a pecuarista Fátima Carvalho.

A pecuarista tem uma fazenda na comunidade Viçosa, uma das muitas ilhas paraenses próximas de Macapá. Uma vez por semana o barco vem para a capital buscar suprimentos e trazer gado bubalino para o matadouro. “Se continuar assim esse canal vai ter problema sério”, prevê ela.

Compartilhamentos