Compartilhamentos

Dois marqueteiros

A vereadora Aline Gurgel (PR) continua empenhada em formar a equipe que fará os filmes da campanha dela para o governo do Estado. Com orientação do cunhado, o deputado federal Vinicius Gurgel, ela já conversou com pelo menos três marqueteiros. Nesta sexta-feira mais um aterrissa em Macapá para uma conversa de pé de ouvido com a vereadora. A estratégia é ter pelo menos dois marqueteiros na campanha: um de fora, e outro local, que tenha conhecimento da realidade local.

 

PTB e Lucas

Eduardo Seabra

Eduardo Seabra

É quase certo que o PTB fecha com Lucas Barreto (PSD) no ano que vem. Lucas é amigo do presidente do PTB, o ex-deputado federal Eduardo Seabra, e continua bem relacionado com outros dirigentes da legenda. O foco principal do PTB em 2014 é a eleição para a Câmara dos Deputados. Afinal, é a quantidade de deputados federais que define os valores do Fundo Partidário e o tempo de televisão.

 

AP-070

Depois quase 10 anos, as comunidades às margens da Rodovia AP-70 (que liga Macapá à Região da Pedreira e aos municípios de Cutias e Itaubal) voltarão a ver máquinas asfaltando. É o início da etapa de asfaltamento que deve contemplar entre 20 e 30 quilômetros.

 

Sem meias palavras

O presidente reeleito do PT, Joel Banha, manda e desmanda dentro do partido. “Quem apoiar candidato de outros partidos no ano que vem será sumariamente expulso”, sentenciou ele nesta quarta-feira, 4, no programa Jornal da Manhã, dos colegas Paulo Silva e Domiciano Gomes, pela Rádio Cidade. E mandou um recado para Dalva Figueiredo. Se ela não cumprir com as obrigações do partido não terá legenda para concorrer.

 

Dora

Joel e Dora.

Joel e Dora.

Joel confirmou o nome de sua esposa e atual vice-governadora Dora Nascimento como o nome do PT para disputar o Senado. Demonstrando, pelo menos por enquanto, total rompimento com Sarney. “Será a primeira senadora mulher e negra”, pontuou.

 

CNH para o mais pobre

A Assembleia Legislativa aprovou mais um projeto de interesse do governo. Desta vez reduzindo as taxas que são pagas pela emissão da carteira de habilitação para pessoas de baixa renda.

 

Sem saldo

Cerca de oitocentos servidores da Assembleia foram surpreendidos no início do mês quando foram ao banco sacar os salários. Saldo zero. Descobriram depois que estavam demitidos. Todos ocupavam cargos de confiança. Ordem foi do presidente Júnior Favacho (PMDB), alegando readequações financeiras com menos 24 milhões a menos no orçamento de 2013.

Compartilhamentos