Compartilhamentos

Só depois de provocado

Paulo Campelo presidente da OAB AP

Paulo Campelo presidente da OAB AP

O presidente da OAB, Paulo Campelo, só deve tomar alguma providência contra o advogado Marlon Nery depois que a entidade for notificada oficialmente sobre a agressão. Na semana passada, o advogado passou uma rasteira e derrubou o repórter-cinematográfico da Record News, Ronaldo Brito, para impedir que ele filmasse seus clientes acusados de assaltar a casa do juiz Fábio Santana. O jornalista caiu e o equipamento foi danificado.

Mineração no Tumucumaque

O Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) reconheceu em ofício enviado ao Ministério Público Federal que concedeu seis autorizações de pesquisa mineral na área de abrangência do Parque Montanhas do Tumucumaque, e que existem mais de 80 requerimentos de pesquisa na mesma região. O MPF recomendou o indeferimento e o arquivamento de todas as solicitações, e ainda a caducidade das autorizações.

O atropelo de Joel e Dora

Apesar de toda disposição da corrente dominante no PT, confirmar a indicação de Dora Nascimento para uma candidatura ao Senado não será assim tarefa tão fácil. Apesar de toda a ovação na posse de Joel Banha como presidente do partido, a resolução que definia a pré-candidatura de Dora foi reprovada em votação pelos petistas. Alguns consideraram que houve atropelo do diretório (Joel Banha) que deveria primeiro amadurecer o projeto do Senado no diálogo com os próprios filiados.

Impedido

Um fato chamou a atenção durante a votação do parecer da CCJ que foi a favor do retorno de Moisés Souza e Edinho Duarte à mesa diretora da Aleap: Edinho Duarte, como parte mais que interessada, é também membro titular da comissão. Decidiu se declarar impedido de votar e não participou da sessão. No lugar dele foi convocado o deputado Michel JK (PSDB).

A falta de Ohana

Sandra Ohana

Sandra Ohana

Sandra Ohana (PP), membro da comissão e desafeta de Edinho Duarte desde a briga pela direção do partido no Estado, não compareceu à sessão. Os dois não se falam desde então.

AP-70 e a chuva

O governador Camilo Capiberibe (PSB) ainda colhe os dividendos políticos do lançamento das obras de asfaltamento da continuação da rodovia AP-70. O governo anunciou que vai asfaltar pelo menos 30 quilômetros até o “Paulo”, um bar que é ponto de referência na bifurcação que leva aos municípios de Itaubal e Cutias. O problema é o clima. Como a previsão é de que as chuvas começam em janeiro, dificilmente haverá tempo suficiente para cumprir metade da meta.

No céu

Repórter Evandro Luiz

Repórter Evandro Luiz

 Frase do jornalista Evandro Luiz sobre a corrida pelo desembargo, que tem 22 advogados inscritos: “No Amapá ser juiz é o sonho de qualquer advogado. Ser desembargador é estar no céu”

Compartilhamentos