Compartilhamentos

A estatística da violência contra a mulher ganhou mais um número. A gerente regional do Instituto de Meio Ambiente e Ordenamento Territorial do Amapá (Imap) em Laranjal do Jari, Jocenilce da Conceição, 35 anos, foi assassinada a facadas pelo ex-marido. Jocenilce, conhecida como “Pipita”, era militante e pioneira do PSB.

O crime aconteceu na noite desta quarta-feira. Segundo a polícia, Pipitava estava separada há algumas semanas do ex-marido, Jucilei da Silva Oliveira, de 27 anos, que não aceitava o fim do relacionamento. Os dois vinham se desentendendo há bastante tempo. Nesta quarta, durante mais uma briga, a gerente foi assassinada e o namorado dela ferido.

O namorado está internado, mas não corre risco de morte. Jocenilce morreu antes de chegar ao Hospital de Laranjal do Jari. O ex-marido se apresentou à polícia e está preso.

Compartilhamentos