Compartilhamentos

A Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio desarticulou nesta terça-feira, 17, uma quadrilha que praticava assaltos em Macapá sob as ordens de chefões de dentro do Iapen. Foi durante a Operação “Falcão do Norte”.

A polícia chegou à quadrilha após um assalto ocorrido a uma residência no bairro Alvorada em agosto. Segundo o delegado responsável pela operação, Paulo Renner, a investigação sobre o assalto levou ao grupo que era comandado de dentro do Iapen. Entre os integrantes da quadrilha está Sávio Maciel Vieira, o Beco (Foto Acima), acusado de envolvimento no assassinato do sócio da empresa LMS, Edival Fernando Coelho de Queiroz. Ele está preso desde o dia 7 de novembro.

Além de Beco, outros dois detentos são acusados de organizar a quadrilha de dentro da pnitenciaria. Roberto Correia Pastana, o Beto, o líder do grupo que cumpre pena por roubo, homicídio e tráfico de drogas, e Enoque Patrick Rosendo dos Santos.

Fora do Iapen, cinco pessoas foram presas por colocar em práticas as ordens de Beto. John Elton Silva de Araújo, Wellington Ricardo Pereira da Silva, Álvaro José Araújo dos Santos Leitão, Catiane ferreira de Souza e Willian Martel Pinheiro. Eles foram entregues na captura da Ciosp do Pacoval e serão enviados ao Iapen após os depoimentos.

Nessa ação não foram apreendidos materiais usados nas atividades do grupo, mas a DCCP informou que desde agosto eles estão desarticulando o grupo com apreensões de armas e drogas em seis bairros da capital.

Compartilhamentos