Compartilhamentos

Os números do esquema de segurança montado pela Polícia Militar para a orla de Macapá na noite do réveillon refletem a preocupação com a segurança no local. A PM convocou 300 policiais que ficarão espalhados do Complexo da Beira-Rio ao Complexo do Araxá.

A PM estima que 100 mil pessoas devam comparecer à orla de Macapá no dia 31 para ver a tradicional queima de fogos. “O ponto principal da reunião que aconteceu na última quinta-feira, 26, foi decidir como estriamos presentes na orla. E após realizarmos uma estimativa de público, baseado no réveillon passado, decidimos que 300 homens devam estar presentes”, explicou o diretor de Operações da PM, coronel Rodinei Barbosa.

Para conseguir tal efetivo em uma única área da cidade, a PM teve que modificar o sistema de compensação de plantão. “Nós montamos um sistema de plantões que diminui a escala de folgas para que tivéssemos mais policiais espalhados pela cidade”, relatou.

Assim como na Operação Papai Noel, o serviço administrativo dentro da PM entrou em recesso para que os policiais desses setores pudessem ser alocados nos grupos de policiamento ostensivo. “Isso nos ajudará a manter um contingente maior nas ruas e intensificar além do policiamento na orla da cidade. As patrulhas estarão atendendo os bairros da capital com maior intensidade”, garantiu o diretor.

Essa estratégia também foi adotada em outros municípios do interior que também realizam grandes eventos de réveillon, como é o caso Santana, Oiapoque e Laranjal do Jari.

A Operação Réveillon inicia às 18h desta sexta-feira, 27, e será finalizada na quarta-feira, 01 de janeiro. Uma forma de aumentar o policiamento também nesse fim de semana que antecede a queima de fogos na beira-rio. “Sabemos que a movimentação de pessoas aumentará nesse fim de semana, pois é praticamente é um alongamento do feriado de ano novo. Então decidimos colocar a operação logo em prática já que a movimentação,” concluiu o coronel.

A PM ainda não fez um balanço da Operação Papai Noel que oficialmente só termina no dia 8 de janeiro.

Compartilhamentos