Compartilhamentos

A comemoração foi eufórica. Uma vitória que alunos da Escola Estadual Sebastiana Lenir, situada no bairro do Buritizal, degustaram cada momento. Era o mês de setembro e acontecia 2ª Gincana Fest Tur no Meio do Mundo, iniciativa da Secretaria de Turismo do Estado (Setur). Quatro meses depois, os estudantes ainda reivindicam a premiação. Na manhã desta segunda-feira, 13, os alunos enfim se reuniram com o secretário de turismo Richard Madureira para resolver a situação.

O festival tenta estimular nos estudantes o interesse pelo setor de turismo como opção de mercado de trabalho. A premiação era para ser uma caixa de som amplificada, um projetor e 10 tabletes. A direção da escola já perdeu as contas de quantas vezes tentou falar com a Secretaria de Turismo para ter uma previsão de entrega dos prêmios.

A preocupação também é com o fim do ano letivo já que os estudantes premiados estão terminando o 3ª do ensino médio. “Só através de telefonemas já tentamos mais de 10 vezes. Já fizemos até quatro requerimentos solicitando uma reunião com o secretario,mas só na última sexta-feira que nos retornaram”, explicou o professor e coordenador da escola Rogerio Moreira.

A secretaria informou que a premiação não foi entregue antes porque houve uma troca de gestão e o material ainda não estava comprado. “Pedimos desculpas pelo atraso e transtorno, mas já estamos com o material em mãos. Já marcamos a entrega para a sexta-feira, 17. Um problema na compra atrasou a entrega. Além disso, tivemos o recesso de Natal que atrapalhou um pouco”, justificou o secretario de Turismo, Richard Madureira.

Mesmo com a data de entrega acertada, os alunos ainda tem dúvidas. “Eles já nós prometeram a entrega em outra data. Quem nos garante que dessa vez vai mesmo acontecer”, comentou uma aluna. É esperar até sexta-feira.

Compartilhamentos