Compartilhamentos

Policiais civis foram até a região do Matapi (após a primeira travessia de balsa no caminho para Mazagão) onde populares teriam encontrado um corpo que batia com as características do aposentado Mário Ivo Sampaio, de 82 anos, pai de um empresário do ramo de acessórios de veículos, mas a chamada não passava de um trote. Nesta quarta-feira, 28, os policiais passaram o dia debruçados sobre pistas (e são muitas). Eles já analisaram as imagens de câmeras de segurança para identificar os criminosos que podem ter assassinado o idoso. A polícia acreditar estar perto de uma solução para o caso.

Sangue escorrendo do interior do veículo. Polícia acha que houve negligência dos lavadores

Família sentiu falta de um encerado que cobria o carro doo aposentado quando o veículo estava na garagem 

O pai do empresário desapareceu na última segunda-feira, 27. O carro foi encontrado em uma lavagem de carros na Avenida Diógenes Silva, no bairro do Trem. O veículo foi lavado pelos funcionários do local, depois que eles tiraram fotos do interior do veículo. Numa das fotos dá para ver o sangue escorrendo do porta-malas junto com a água.

No primeiro dia de investigações os policiais receberam dois telefonemas indicando a localização do corpo. O primeiro do Matapi, que foi checado, e outro a região do Pirativa, o que foi descartado pelos policiais levando em considerações outras pistas.

A polícia já tem a descrição da mulher que aparentava ser uma menor de idade. Ela é loira e foi vista por vizinhos da casa do aposentado que morava sozinho no Infraero II. Seria a mesma pessoa que, segundo os lavadores, deixou o carro para ser higienizado.

Os policiais e a família do empresário Assunção Portela, filho do idoso, deram falta de um encerado que cobria o veículo do aposentado sempre que ele estava guardado na garagem. A suspeita é de que o encerado tenha sido usado para guardar o corpo da vítima.

As investigações estão bem adiantadas. Até ás 21 horas desta quarta, os policiais esperavam poder pedir a juízes de plantão os primeiros mandados de prisão e busca e apreensão, mas isso ainda era incerto. As imagens de câmeras de segurança de vizinhos do aposentado e da lavagem no bairro do Trem estão sendo utilizadas. Além da suposta adolescente, pelo menos mais um homem estaria envolvido no desaparecimento do idoso.

Há dois dias que o empresário Assunção Portela, com a ajuda de amigos (muitos motoqueiros e taxistas), procura por conta própria por pistas que levem ao paradeiro do pai, que na semana passada fez aniversário. A família ainda não perdeu a esperança de encontrar Mário Ivo com vida.

 

Compartilhamentos