Compartilhamentos

Foto acima: Carlos Tork, novo desembargador: Foto/Janderson Cantanhed

O governador Camilo Capiberibe (PSB) anunciou no início da noite desta quinta-feira (27), em seu perfil no Twitter, que assinou decreto nomeando o advogado Carlos Tork como o novo desembargador do Tribunal de Justiça do Estado. Ele passa a ocupar a vaga deixada pelo desembargador Ednardo Souza.

Os três da lista final na disputa pelo desembargo

Os três da lista final na disputa pelo desembargo. Foto: TJAP

A lista tríplice foi tirada de um longo processo na OAB, que passou por votação direta dos advogados. Dos 12 mais votados, seis passaram numa sabatina até restarem três numa lista entregue ao governador do Camilo Capiberibe na última quarta-feira, 26. Estavam na lista Paulo Santos, Marcelo Porpino e Carlos Tork, o terceiro mais votado.

Ligado ao PT, Carlos Tork é advogado trabalhista e já presidiu a Ordem dos Advogados do Brasil no Amapá. O decreto de nomeação será enviado à presidência do Tribunal de Justiça, ocupada pelo desembargador Luis Carlos Gomes dos Santos, que vai convocar o novo magistrado e marcar com ele a data da posse.

Por enquanto, o Tribunal de Justiça do Estado permanece com 8 desembargadores. Ainda falta definir quem ocupará a vaga de Dôglas Evangelista, que se aposentou no ano passado. Esse nome será definido pelos próprios desembargadores em votação. “Se Carlos Tork já tiver sido empossado poderá participar da votação”, adiantou o presidente do TRE, desembargador Raimundo Vales.

A escolha será realizada numa sessão marcada para o próximo dia 9 de abril.

 

Compartilhamentos