Compartilhamentos

A Polícia Técnica do Amapá identificou no início da noite desta segunda-feira, 31, o corpo encontrado no reservatório que foi inundado após o rompimento do muro de contenção que desviava o curso do Rio Jari, no município de Laranjal do Jari, Região Sul do Amapá. Trata-se do soldador Tancredo Coelho de Souza Silva, de 30 anos.

O corpo dele foi encontrado à tarde depois de ter emergido. A vítima era natural de Buriti Bravo, cidade do interior do Maranhão. No atestado de óbito do operário consta “afixia mecânica” (afogamento). Segundo relatos de funcionários, ele estava com o grupo que subia as escadas do fundo do reservatório (com 35 metros de profundidade) para tentar escapar da enxurrada provocada pelo rompimento. “Eles foram avisados pelo rádio, correram para as escadas mas não deu tempo deles saírem”, descreveu um funcionário da empresa.

Ainda continuam desaparecidos dois operários paraenses e um piauiense. As buscas recomeçam nesta terça-feira, 1º, às 6 horas da manhã.

 

Compartilhamentos