Compartilhamentos

No início da tarde desta terça-feira, 11, a Companhia de Trânsito e Transporte de Macapá (CTMac) divulgou os nomes de 183 candidatos desclassificados na primeira etapa da licitação para concessão de novas placas para o serviço de mototáxi em Macapá. Vale ressaltar que esses candidatos terão um prazo para entrar com recursos. A CTMac abriu licitação para 724 novas concessões, 513 candidatos se inscreveram.

A maior parte das desclassificações foi por conta da comprovação de vínculo empregatício, constatado na relação enviada pelo INSS à CTMac. Porém, em muitos casos o funcionário já foi demitido e a empresa não deu baixa junto ao INSS. Nesses casos, os candidato poderão entrar com recurso até o dia 17 de março, no protocolo da CTMac, precisando apenas comprovar que já foi desvinculado da empresa, apresentando carteira de trabalho com baixa da empresa ou a rescisão contratual. Existem outros motivos para a desclassificação, os mesmos estão relacionados junto com o nome do candidato, que deverá consultar antes de entrar com o recurso.

Lista

A lista com os nomes dos desclassificados e motivos de desclassificação encontra-se na CTMac, no site da Prefeitura de Macapá (www.macapa.ap.gov.br) e também nos sindicatos municipal e estadual dos mototaxistas.

A comissão julgadora da licitação fará a análise dos recursos a partir do dia 18 de março. Os casos serão analisados individualmente os resultados serão publicados.

Após isso, será aberto o envelope número 2, onde consta a proposta técnica. Nesta etapa, também será aberto período para possíveis recursos. “Todos os procedimentos estão sendo realizados com a maior transparência possível e também com o acompanhamento dos sindicatos da classe, que são informados de todos os procedimentos”, afirmou a diretora presidente da CTMac, Cristina Baddini.

Compartilhamentos