Compartilhamentos

Pelo menos 5 embarcações explodiram durante a madrugada no cais do bairro Perpétuo Socorro, em Macapá, mais conhecido como Igarapé das Mulheres. Quatro pessoas deram entrada no Hospital de Emergência de Macapá, uma delas em estado gravíssimo.

O acidente ocorreu por volta das 5 horas da manhã. O barco “João Felipe”, que ia para Anajás (ilha paraense), tinha acabado de ser abastecido e levava mais 14 mil litros de combustível para ser vendido nas ilhas. “Eu estava no convés do meu barco assistindo essa operação. Vi quando o piloto tentou acionar o motor e ele não funcionou. Pegaram uma bateria de caminhão pra fazer uma chupeta. Deve ter saído faísca e explodiu tão forte que me jogou na água”, relatou Raimundo Edval, barqueiro e testemunha do acidente.

Barco "João Felipe" foi o primeiro a explodir depois de "chupeta" em bateria

Barco “João Felipe” foi o primeiro a explodir depois de “chupeta” em bateria

A explosão espalhou combustível em chamas no rio e em outras embarcações que explodiram. O Corpo de Bombeiros confirmou no início da manhã sete barcos destruídos.

Um dos sobreviventes. Foto: Olho de Boto

Um dos sobreviventes. Foto: Olho de Boto

A explosão ocorreu ao lado do posto de combustível do Igarapé da Fortaleza que chegou a ser atingido pelas chamas, mas sem explosão. Quatro pessoas foram levadas em estado grave para o Hospital de Emergência: Sanção Leão, 25, André João da Costa, 27 anos, Iranildo Carmo, 38, de Souza e uma pessoa desconhecida com 90% do corpo queimado.

Pelo menos 5 embarcações explodiram

Pelo menos 5 embarcações explodiram

Foi o segundo acidente do tipo em um mês. No último dia 4 um barco que levava mantimentos também para ilhas do Pará explodiu no canal das Pedrinhas. Quatro pessoas foram feridas, e uma delas morreu horas depois no Hospital de Emergência. No início da manhã a chuva colaborou com o Corpo de Bombeiros que mandou 5 viaturas e 40 militares.

 

Compartilhamentos