Compartilhamentos

Uma idosa de 69 anos foi morta na residência em que morava na Rua Manuel Eudóxio Pereira, no Bairro do Beirol, Zona Leste de Macapá. Maria da Conceição da Silva Moura era obreira de uma igreja evangélica e morava sozinha em uma casa simples de madeira. O filho a encontrou na manhã desta terça-feira, 22, quando foi visitá-la. A polícia suspeita que a idosa tenha sofrido latrocínio, roubo seguido de morte.

Casa em que a idosa morava sozinha. Na foto acima a cama em que a vítima foi assassinada.

Casa em que a idosa morava sozinha. Na foto acima a cama em que a vítima foi assassinada.

De acordo com informações da polícia, Maria Moura foi morta a pauladas ainda na cama. A casa da vítima eram bem pobre. Tinha apenas um quarto e uma sala, além de cama, fogão, uma geladeira e um botijão de gás que, segundo a polícia, é o bem material de maior valor da casa. Segundo vizinhos, a idosa era calma e religiosa. “Ela era muito gente boa. Vivia na igreja e travava todos muito bem. Não sei como alguém teve coragem de espancá-la até a morte. Estamos muito tristes, ela era querida”, disse emocionada uma vizinha que preferiu não se identificar.

O caso começou a ser investigado pela Delegacia de Crimes Contra Pessoa (Deccipe) e já tem um suspeito que foi preso. “Ainda é cedo para conclusões sobre o caso, mas já sabemos que o dinheiro desse empréstimo foi roubado. Agora nossos investigadores procuram mais informações sobre o crime”, afirmou a delegada Valcirene, que preferiu não dar mais informações sobre o caso e a identidade do suspeito detido.

A Polícia Técnica do Amapá (Politec) removeu o corpo da senhora ainda no início da manhã. O filho da vítima estava muito abalado e não quis falar sobre o caso. A idosa está sendo velada na igreja que frequentava.

Compartilhamentos