Compartilhamentos

Dos 235 testes de bafômetro feitos entre os dias 17 e 21 de abril (feriados de Semana Santa e Tiradentes) pelas equipes de fiscalização nas ruas da capital, 42 resultaram em autuações. Apesar do número alto, o resultado foi considerado positivo pela Delegacia de Acidentes de

Trânsito (Deatran). Em comparação com o ano passado, houve uma diminuição na quantidade de acidentes graves e flagrantes.

Os motoristas que foram flagrados dirigindo alcoolizados pagarão multa no valor de R$ 1,9 mil. Para a delegada de Acidentes de Trânsito, Sheila Vasques, a quantidade de acidentes ficou dentro de uma margem tolerável. “Tivemos uma estabilidade no trânsito.

Delegada Sheila Vasques

Delegada de Trânsito Sheila Vasques: resultado positivo

O número de acidentes e autuações não cresceu e nem diminui muito, está um pouco abaixo do que esperávamos em relação ao ano passado. Mas isso é ótimo. Por exemplo, esse ano teve um acidente a mais do que o ano passado, porém não teve registro de morte por embriaguez ao volante”, destacou a delegada.

As fiscalizações da Lei Seca se concentraram no KM 9 da BR 210, na Rodovia Duca Serra e em abordagens no Centro da capital. Trabalharam na fiscalização 60 pessoas entre policiais, guardas municipais e agentes da Companhia de Trânsito (Ctmac). Nenhum veiculo foi aprendido em Macapá.

Para a polícia, o resultado foi muito positivo, principalmente por não haver vitimas fatais. “Apesar do alto número de testes feitos, o número foi positivo. As pessoas estão mais conscientes no trânsito. O número está menor que o ano passado e conseguimos reduzir as mortes no trânsito em Macapá”, frisou a delegada.

Mesmo com o fim do feriado prolongado, as fiscalizações da Operação Lei Seca continuarão durante todos os fins de semana e feriados. Além dos motoristas dirigindo alcoolizados ou embriagados (3), oito pessoas foram flagradas sem habilitação.

 

Compartilhamentos