Compartilhamentos

A chuva que caiu na manhã desta segunda-feira, 28, em Macapá causou alagamentos em diversos pontos da cidade e pode ter sido só o começo de uma série de transtornos causados pelas fortes chuvas associadas a marés altas e à baixa capacidade de escoamento pluviométrico da capital. A Defesa Civil emitiu no fim da manhã um alerta de transbordamento de canais para os próximos seis dias.

Canal da Mendonça Júnior pode transbordar

Canal da Mendonça Júnior pode transbordar

A chuva de 40 milímetros desta manhã causou alagamentos em mais de 20 pontos da cidade. No centro da capital, a prefeitura teve que abrir as comportas do Canal da Avenida Mendonça Júnior para que as águas recuassem. Lojas e carros estacionados foram invadidos pelas águas. No bairro Nova Esperança, os moradores cavaram uma vala de um lado a outro da Rua Pedro Oliveira Gomes para a água escoar. Funcionou, mas motoristas e pedestres passaram a reclamar da dificuldade para transitar pelo local.

Rua Guanabara, bairro do Pacoval.

Rua Guanabara, bairro do Pacoval.

Enxurrada provocada chuva de 40 milímetros desta segunda, 28

Enxurrada provocada chuva de 40 milímetros desta segunda, 28

De acordo com Defesa Civil de Macapá, a quantidade de chuva que caiu na capital é considerada normal para este período do ano. A previsão do núcleo de meteorologia do Iepa é que entre os dias 29 de abril e 4 de maio as chuvas sejam mais intensas.

Moradores cavaram vala no Bairro Nova Esperança para a água escoar: solução

Moradores cavaram vala no Bairro Nova Esperança para a água escoar: solução

Além de previsão de fortes chuvas nos próximos dias, a Defesa Civil alerta moradores da orla do Araxá e Pedrinhas para a maré alta que poderá ocasionar destruição de casas. Segundo o órgão, mais de 40 casas só no Araxá correm o risco de desabamento.

 

Compartilhamentos