Compartilhamentos

O trânsito de Macapá vai passar por mudanças a partir desta sexta-feira, 11. A Companhia de Trânsito e Transporte da capital (CTMac) vai começar a implantar o monitoramento eletrônico nas ruas da cidade. O objetivo é identificar e punir motoristas que abusam da velocidade e desrespeitam a sinalização. O monitoramento visa controlar, principalmente, as paradas em cima de faixas de pedestres, avanços de sinal e a velocidade acima do permitido.

Ao todo 27 trechos nas ruas de Macapá receberão o monitoramento eletrônico. Trata-se de um instrumento computadorizado capaz de detectar abusos de velocidade, transgressões a sinalização e desrespeito a faixa de pedestre. Com a implantação do sistema, a CTMac terá um controle maior do trânsito da cidade.

Além dos pontos fixos haverá também outros 12 equipamentos volantes que passarão cerca de 30 dias em cada cruzamento. Uma forma de flagrar os motoristas que pensam em fugir das vias onde estarão os pontos fixos.

De acordo com a CTMac, o controle no abuso de velocidade poderá conter a violência dos acidentes que ocorrem em Macapá. “Para se ter uma ideia, num acidente em que o motorista dirige a 90 quilômetros por hora, existe 90% de chance de ter uma vítima fatal ou com graves sequelas. Por Isso o nosso foco será a redução da velocidade”, anunciou a diretora presidente da CTMac, Cristina Badinni.

 Cristina Abaddini

Cristina Badinni, presidente da Ctmac: em acidentes acima de 90% por hora a chance de haver uma morte é de 90%.

O primeiro passo, segundo a presidente, é reeducar os motoristas em relação à velocidade e ao respeito às normas de trânsito. Isso tudo faz parte da campanha “Não Queime o Seu Filme”, que vai começar com a implantação do sistema de monitoramento nos pontos em que mais ocorreram acidentes fatais, como as avenidas Padre Júlio Maria Lombaerd, Cora de Carvalho e as ruas Leopoldo Machado e Tancredo Neves, na zona norte.

O primeiro ponto que vai receber a nova tecnologia é a rua São José, no centro da cidade. “Essa via não está entre as mais perigosas, mas o controle que será feito nas proximidades da Igreja de São José vai ajudar a conter o desgaste ocorrido na estrutura da igreja por conta da alta velocidade dos veículos que passam naquele perímetro”, acrescentou Badinni.

Monitoramento vai começar pela rua São José, para conter a trepidação que abala a estrutura da igreja bicentenária

Monitoramento vai começar pela rua São José, para conter a trepidação que abala a estrutura da igreja bicentenária

Segundo o projeto da CTMac, mais de 100 equipamentos eletrônicos poderão chegar gradativamente para controlar ainda mais o trânsito de Macapá.

Compartilhamentos