Compartilhamentos

Pelo menos 4 pessoas ficaram feridas depois da explosão de uma embarcação no Canal das Pedrinhas, na manhã desta sexta-feira, 4. O barco era de uma família da comunidade ribeirinha do Rio Arapixi, ilha de Chaves, no Pará. O Corpo de Bombeiros suspeita que o acidente tenha sido provocado por uma faísca do motor que atingiu recipientes que levavam gasolina e óleo diesel.

Explosão foi bem ao lado do posto de combustível que atende barcos de ribeirinhos

Explosão foi bem ao lado do posto de combustível que atende barcos de ribeirinhos

Fogo por pouco não atingiu as bombas

Fogo por pouco não atingiu as bombas

O acidente ocorreu por volta de 5h50 da manhã, num ponto do Canal das Pedrinhas que é próximo do Rio Amazonas. O barco partiu ao meio e afundou. “E não ficou pegando fogo depois da explosão. Só houve o estrondo e o barco começou a afundar”, disse uma testemunha. O fogo por pouco não atingiu as bombas do posto de combustível que abastece os barcos de ribeirinhos. O forro do teto do posto chegou a ser queimado.

As vítimas, entre elas um homem de 80 anos, foram levadas com queimaduras graves para o Hospital de Emergência. O estado de 1 foi considerado gravíssimo pelas equipes que fizeram os primeiros atendimentos. Dois estão em estado grave. E uma quarta vítima tem queimaduras mais brandas. Todos estão no Setor de Queimados do Hospital de Emergência.

Policiais do Batalhão Ambiental conversam com testemunhas

Policiais do Batalhão Ambiental conversam com testemunhas

Ao contrário de casos parecidos, o barco que explodiu não era destinado ao transporte e comércio de combustível clandestino. Entre os destroços havia fardos de biscoito, arroz, e outros produtos, o que indica que a família veio comprar suprimentos e já ia voltar para a comunidade.

Barco partiu ao meio e afundou

Barco partiu ao meio e afundou

Em outubro do ano passado, duas pessoas morreram após uma explosão no Porto do Céu, próxima à Vila do Coração. O local é conhecido como ponto de abastecimento e armazenamento clandestino de combustível.

 

Compartilhamentos