Compartilhamentos

Uma cadela chamada “Flexa”, da Polícia Civil, foi responsável por uma apreensão de crack no bairro Nova Brasília, município de Santana, num lugar conhecido como “Boca do Leão”. O cachorro estava com um grupo de policiais da 2ª Delegacia de Polícia Civil que cumpriam mandado de busca e apreensão em uma casa.

Os policiais chegaram na casa no fim da tarde, numa ação coordenada pela delegada Luiza Maia. A cadela é da raça pastor belga malinois, do Canil da Polícia Civil e encontrou um pacote com aproximadamente 150 pedras de crack enterrado no quintal e no meio de lixo. “Quando todos os policiais já tinham desistido de procurar por substâncias, a dupla K9 persistente continuou a varredura, já era quase noite quando a cadela acusou um amontoado de terra e vegetação começando a escavar, logo veio a surpresa”, revelou a delegada. O acusado de ser dono do produto foi preso em flagrante.

 

Compartilhamentos