Compartilhamentos

A Defesa Civil confirmou que nesta quinta-feira, 01, pelo menos 200 casas foram inundadas no município de Vitória do Jari, Região Sul do Amapá, devido a enchente do rio Jari que atingiu 3,78 metros acima do nível normal. Na semana passada 120 casas foram inundadas quando o rio chegou a 3,72 metros. A elevação do nível do rio aconteceu devido às fortes chuvas que caem na região. De acordo com a Defesa Civil, o município de Laranjal do Jari ainda não foi atingido.

Há duas semanas a Defesa Civil chegou a descartar a possibilidade de enchentes na região. Agora, para atender as famílias, o Corpo de Bombeiros disponibilizou dois espaços: a Escola Municipal Francisco de Freitas Araújo e a Câmara de Vereadores. Mas até o momento esses locais não foram usados porque as famílias ainda se recusam a deixar suas casas com medo de saques.

As famílias atingidas pedem ajuda da prefeitura de Vitória na doação de madeira para que possam fazer adaptações nas residências. A ideia é construir plataformas que serão usadas para proteger eletrodomésticos e móveis que não podem ficar em contato com a água.

Nesta sexta-feira, 2, as equipes de controle e assistência do Corpo de Bombeiros estarão fazendo um monitoramento com lanchas nas comunidades ribeirinhas do município, para fazer o levantamento das famílias atingidas nessas áreas, com o foco na comunidade de Jarilândia, que sempre é a mais prejudicada pelas cheias do rio.

 

Compartilhamentos