Compartilhamentos

Recibo

O anúncio da pré-candidatura ao governo do Estado de Bruno Mineiro (PT do B) deixou ainda mais preocupados os caciques do PSB. Radialistas que fazem programa de rádio patrocinado pelo governo começaram campanha para desqualificar Bruno Mineiro, seguindo ordens é claro. Já falaram em contas bloqueadas, ligação com Sarney e em candidatura imposta pela Assembleia Legislativa. Vale lembrar que Bruno Mineiro foi aliado de Camilo até pouco tempo e quando estava nomeado secretário de Transportes do Estado era tratado como herói por destravar ou iniciar obras importantes. É a lei do oeste!

PSDB fora do governo

Deputado-Luiz-Carlos-Ag-Camara-

O presidente do PSDB, deputado federal Luis Carlos, telefonou para o governador Camilo Capiberibe (PSB) e colocou à disposição todos os cargos que tinha na Agência de Inspeção Agropecuária, cerca de 20 pessoas, a maioria funcionários efetivos do órgão. Luis Carlos agradeceu a oportunidade de trabalhar e lembrou que ajudou na reestruturação dos serviços de inspeção animal com a liberação de recursos da ordem de R$ 2 milhões. “Saio do governo sem crise depois de 13 meses de contribuição”, explicou.

PSDB fora do governo 

Luis Carlos tem deixado claro que os indicados na Diagro são sua cota do mandato, nada a ver com indicações do partido. Os deputados Michel JK e Raimunda Beirão, ambos do PSDB, não possuíam espaço dentro do governo. Preferiram seguir as diretrizes da bancada tucana na Assembleia Legislativa. Luis Carlos entregou os cargos para apoiar a pré-candidatura de Bruno Mineiro. “A coligação que está se desenhando para proporcional com Bruno nos dá mais espaço”, justifica ele.

De olho em aliança 

Já pras bandas do PDT e do PSD, que lideram a preferência de votos em todas as pesquisas internas para o governo do Estado, o alerta vermelho ainda não acendeu com a pré-candidatura de Bruno Mineiro. Tanto Lucas Barreto quanto Waldez Góes preferiram adotar posturas diferentes do PSB dispensando ataques. Afinal, com diálogo e respeito fica mais fácil fazer alianças.

Jornalismo sem noção, ética, bom senso, respeito….

etica no lixo

A postura de jornalistas e radialistas que insistem em incorporar discursos políticos no rádio e também nas redes sociais está passando dos limites. Os ataques diários não poupam ninguém, nem colegas de trabalho. Até quem trabalha de verdade é chamado de jabazeiro pelos “isentos”. Ofendidos já começam a dar entrada em ações judiciais. Aliás, essa eleição, tem tudo para abarrotar de processos os tribunais.

Será?

Funcionários da Secretaria de Urbanização de Macapá, a Semdurb, assistiram a uma palestra sobre cidades com o ex-prefeito de Belém Edmilson Rodrigues (PSOL). Dono de dois mandatos, considerado um dos melhores gestores que já passaram pela capital e padrinho político do prefeito Clécio Luis, Edmilson estaria pensando em concorrer à Câmara Federal. Não se sabe se ele transferiu o domicílio eleitoral para Macapá. 

Compartilhamentos