Compartilhamentos

O deputado estadual Bruno Mineiro (PT do B), que até semana passada era pré-candidato a deputado federal, pode mudar de planos. Ele foi convidado nesta terça-feira, 27, por representantes de cinco partidos para disputar a sucessão do governador Camilo Capiberibe (PSB). Os aliados já falam em até 10 partidos na possível aliança.

Bruno Mineiro tem 33 anos, é engenheiro civil, e durante 1 ano e 3 meses foi secretário de Estado dos Transportes no governo Camilo. Durante a passagem pela Setrap, ele foi responsável pelo lançamento do Plano Rodoviário, asfaltamento do ramal do município de Amapá, conclusão da segunda etapa da Rodovia Norte Sul e o início das obras da ponte sobre o Rio Matapi. O currículo e a popularidade, especialmente no interior, estimularam o PT do B a lançá-lo como pré-candidato à Câmara Federal.

Hoje, Bruno Mineiro e seu partido estão fora do governo. Apesar do entusiasmo dos futuros aliados, o deputado ainda não disse se aceita o convite.  “Estamos avaliando. Depende do fechamento com outros partidos pra tocar em frente esse projeto que é de diálogo”, pondera. 

Compartilhamentos