Compartilhamentos

Devido ao roubo ocorrido na madruga desta terça-feira, 3, na única agência do Banco do Brasil no município de Santana, a 17 km de Macapá, os serviços na agência estão suspensos por tempo indeterminado até que a perícia no local seja finalizada. O aviso está colocado na entrada do prédio.

Segundo a polícia, duas pessoas invadiram a agência por volta das 3 horas da madrugada, conseguiram acesso ao sistema de segurança e desligaram o alarme e as câmeras de monitoramento. Abriram um buraco no cofre com a ajuda de um maçarico e levaram todo o dinheiro.

O banco ainda não divulgou quanto os ladrões levaram, mas como é uma época de pagamento de empresas e servidores públicos, a polícia acredita que a quantia pode chegar a mais de R$ 2 milhões.

Não existem proteção nos muros do banco

Criminosos entraram pela parte de trás do banco

Apesar da ação dos bandidos em cortar os alarmes, um aviso sonora teria sido disparado. Luiz Sérgio Pacheco, que mora e trabalha ao lado do prédio do banco, contou que ouviu o barulho mas não percebeu nenhuma movimentação estranha no local. “Meu cachorro latiu muito. Me levantei várias vezes para verificar se havia algo errado, mas não percebi nada. Quando foi pela manhã descobrimos que o motivo foi o roubo no banco”.

Por conta da suspensão das atividades do banco, Luiz Sérgio, que tem um restaurante, teme que seja atingido financeiramente, já que seus principais clientes são as pessoas que frequentam a agência. “Com essa paralisação com certeza meu movimento vai cair bastante”, reclamou.

Outro vizinho, que não quis se identificar, afirmou que um gol vermelho estava parado às proximidades do banco por volta das 5 horas da madrugada com o som alto. Um fato estranho para os moradores da área, porque isso não acontece normalmente.

Neucimar Barbosa, assim como outros clientes, tiveram que ir para Macapá

Neucimar Barbosa, assim como outros clientes, tiveram que ir para Macapá

O banco fechado também trouxe muitas dificuldades para a população que depende da agência para as suas transações bancárias, já que ela é a única do Banco do Brasil em Santana. Neucimar Barbosa, que procurou a agência para fazer um pagamento terá que se deslocar para Macapá. “Minha única opção é ir para Macapá, pois o boleto é restrito ao pagamento no Banco do Brasil”.

O banco encontra-se totalmente lacrado e a única movimentação dentro da agência é a de vigilantes, que não têm nenhuma informação sobre o retorno das atividades. A Polícia Federal assumiu o caso, e por enquanto não foi divulgado se há pistas dos criminosos

Compartilhamentos