Compartilhamentos

Os agentes do Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen) vão poder atuar com mais eficiência nos casos de fuga ou rebelião dentro do presídio. Na manhã desta segunda-feira, 30, a Secretaria de Estado da Justiça e Segurança Pública (Sejusp) entregou 30 pistolas Spark e 35.750 unidades de munição para treinamento e uso em serviço. As armas de choque (não letal) possuem menor poder ofensivo e possibilitam a imobilização do detento sem consequências mais graves. Foram investidos R$ 169 mil pelo governo para compra dos equipamentos de segurança.

Além das armas não letais, Iapen recebeu munição de verdade

Além das armas não letais, Iapen recebeu munição convencional

 

O objetivo é diminuir o índice de violência dentro do Instituto. Nos últimos três anos cinco detentos morreram em brigas dentro do Iapen. Isso representa uma redução considerável em relação a anos anteriores, quando morriam cinco por ano. Além disso, 579 novos agentes serão empossados em julho. “Mais que dobramos o número de agentes com essa nova chamada. Isso é para que a segurança de todos seja muito mais eficiente. Mesmo assim ainda temos um caminho longo a avançar”, anunciou o governador do estado, Camilo Capiberibe.

NIxon kENEDY

Secretário de Justiça e Segurança Pública – Nixon Kennedy

Os novos equipamentos aumentam a segurança, já que serão usados para conter brigas entre reeducandos, rebeliões e tentativas de fuga. “É um equipamento imprescindível para que não tenhamos apenas a arma de fogo como último instrumento. Essas pistolas possibilitam menor índice de letalidade e maior controle para os agentes”, explicou o secretário de Segurança Pública, Nixon Kenedy.

Foram capacitados 396 servidores para utilizar as pistolas de eletrochoque. Além disso, munições calibre 38, 40, 12 e calibre 5,56 mm foram entregues para uso em serviço e treinamento dos agentes. Para a diretora do Iapen, Josiane Carvalho, esse investimento possibilita melhores condições de trabalho para os agentes e garante a integridade dos detentos.

Compartilhamentos