Compartilhamentos

Os trabalhadores da mineradora Zamin Amapá já estão retornando gradativamente das férias coletivas dadas pela empresa que não estava conseguindo dar vazão à produção de minério de ferro das minas do município de Pedra Branca do Amapari. O retorno dos operários aos postos de trabalho é uma das primeiras medidas visando o reinício da produção na mina e na usina de minérios.

Em abril, a Zamin Amapá promoveu uma interrupção temporária de sua produção, prevista para durar três meses, a fim de reduzir o excessivo estoque de minérios em seus pátios de Santana e Pedra Branca do Amapari. Nesse período a empresa continuou embarcando minério, utilizando barcaças a partir de seu píer fixo, para abastecer navios na Companhia Doca de Santana e no fundeio próximo ao balneário de Fazendinha.

Agora, a empresa se mobiliza para retomar a produção. Para o Gerente Administrativo, Henrique Marins, “um grande esforço está sendo feito para que a produção seja retomada da forma mais rápida possível, porém respeitando as questões de segurança e logística envolvidas no processo”, garante.

Já devidamente licenciada pelos órgãos ambientais, a companhia trabalha, atualmente, no processo de dragagem na bacia de sua área portuária preparando o local para a montagem de seu novo porto, em forma de jeckup, para a normalização do escoamento de minério

Compartilhamentos