Compartilhamentos

Um acidente envolvendo um ônibus e um carro deixou um policial federal em estado grave. Ele está em coma na UTI do Hospital de Emergência de Macapá. De acordo com testemunhas e o Batalhão de Trânsito da PM, Mateus de Azevedo ultrapassou a preferencial no cruzamento da Avenida Mãe Luzia com a Rua Leopoldo Machado, no bairro Jesus de Nazaré, na madrugada desta quarta-feira, 18, e acabou sendo atingindo por um ônibus.

Momento em que o policial é socorrido. Estado grave

Momento em que o policial é socorrido. Estado grave

O acidente ocorreu por volta de uma hora da madrugada. Com o impacto, o veículo do policial foi jogado contra a mureta de uma sorveteria, enquanto o ônibus foi parar na área externa da Igreja Jesus de Nazaré. O administrador da igreja disse que o barulho pareceu um avião caindo. “Eu já estava me preparando para dormir quando ouvi o estrondo. Parecia que um avião havia caído. Foi um acidente muito feio, e a vítima ficou em estado grave e desacordado” contou Padre Paulo Matias.

Mecânicos disseram que com o impacto a barra de direção quebrou

Mecânicos disseram que com o impacto a barra de direção quebrou

O ônibus atingiu um coreto localizado em um jardim em frente à entrada da igreja. Segundo um mecânico da empresa, com o impacto o coletivo teve o setor de direção travado, o que tirou o controle do motorista Ronilson Santana de Araújo, que bateu as pernas, mas não teve nenhum ferimento grave. Ele foi levado para o HE e teve alta horas depois

Já o policial teve traumatismo craniano, sofreu uma fratura na coluna cervical e está em coma na UTI. Segundo a direção do hospital, a vítima teve que passar por cirurgia de drenagem, pois teve os dois pulmões perfurados com a batida. Agora, os médicos esperam uma reação clínica do paciente ao tratamento para que ele seja submetido a outra cirurgia.

Padre Paulo: "já me preparava para dormir quando ouvi o estrondo"

Padre Paulo: “já me preparava para dormir quando ouvi o estrondo”

Mateus morava sozinho no Amapá, mas os pais deles estavam na capital para a comemoração do aniversário dele no próximo fim de semana. A família estava muito abalada e não se pronunciou sobre o ocorrido.

Compartilhamentos