Compartilhamentos

O deputado estadual Bruno Mineiro (PT do B) recebeu, oficialmente, duas adesões importantes neste sábado, 14:  do PROS e do PR, que indiciou a vereadora de Macapá Aline Gurgel para ser a pré-candidata a vice na chapa para o governo do Estado. A apresentação da aliança ocorreu em evento organizado pelos dois partidos.

O apoio do PROS veio após uma decisão da direção nacional do partido, retirando a pré-candidatura da presidente de legenda no Amapá, Francisca Favacho. “Diferente do que as pessoas vinham comentando, de que o PROS retiraria o apoio, estamos comprovando a parceria para mais essa corrida ao Executivo Estadual”, frisou a presidente do PROS.

Aline Gurgel confirmou sua pré-candidatura à vice

Aline Gurgel confirmou sua pré-candidatura à vice

Aline Gurgel, que também já havia sido lançada como pré-candidata ao governo, também deu espaço para a coligação com o PT do B. “Assim como a presidente do PROS, eu vou me despir de vaidade, e agora estamos juntos nesse caminho rumo ao Executivo Estadual com a presença de outros sete partidos que já declararam apoio”, comentou a vereadora.

No dia 27, todos estarão reunidos no Trem Desportivo Clube para consolidar com a convenção dos partidos que apoiam Mineiro. “Demos o primeiro passo, agora vamos consolidar mais parcerias para que no dia da convenção os partidos coligados tenham aumentado e assim a nossa candidatura ganhe cada vez mais força. Esse é só início de uma corrida, agora vamos ‘botar o pé na estrada’ para conseguir um bom resultado nas eleições”, contou o pré-candidato ao governo Bruno Mineiro.

Militantes dos dois partidos acompanham o anúncio da aliança

Militantes dos dois partidos acompanham o anúncio da aliança

A coligação já conta com o apoio do Partido Verde (PV), do Partido Humanista da Solidariedade (PHS) e com representantes do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), representado no evento pelo prefeito de Santana, Robson Rocha.

Compartilhamentos