Compartilhamentos

O Partido Social Democrático (PSD) e o Democratas realizaram juntos neste sábado, 28, suas convenções estaduais para oficializar os nomes que irão concorrer nas eleições deste ano. Foram oficializados os nomes de Lucas Barreto, ao governo do Estado, e de Davi Alcolumbre, ao Senado. A convenção foi realizada na quadra da Escola Alexandre Vaz Tavares, no bairro do Trem.

A coligação encabeçada pelo PSD inclui DEM, PSDB e o Solidariedade, que indiciou o nome do candidato a vice-governador, o advogado Wagner Gomes, ex-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil no Amapá.  Cerca de 6 mil pessoas lotaram a quadra e a frente da escola. Davi Alcolumbre se emocionou ao lembrar a família e do trabalho ao longo dos três mandatos como deputado federal. “Disseram que eu era balão de ensaio. Estou aqui para provar que não. Lá, no Senado, teremos mais condições de exigir investimentos aqui no Estado, sempre com o apoio dos grandes partidos e ministros”, comentou do Davi Alcolumbre, já como candidato ao Senado Federal.

Caravanas de todos os municípios participaram da convenção de Lucas e Davi

Caravanas de todos os municípios participaram da convenção de Lucas e Davi

O vereador Lucas Barreto foi o último a falar. Ele fez uma avaliação da situação vivida pelo Estado hoje, especialmente na economia, segurança pública e na rede hospitalar. Falou em dialogar com todos os partidos, e de fazer um governo em parcerias com as prefeituras.  

Lucas Cantuária Barreto, tem 49 anos e é amapaense nascido em Macapá. Exerceu 4 mandatos de deputado estadual e foi presidente da Assembleia Legislativa (2003/2004). Disputou ainda a prefeitura de Macapá em 2008, alcançando mais de 25% dos votos. Em 2010, venceu o primeiro turno para o governo do Estado, mas foi derrotado no segundo pelo atual governador Camilo Capiberibe (PSB). Em 2012, foi eleito vereador de Macapá. 

Compartilhamentos