Compartilhamentos

Está na Politec o corpo de uma criança recém-nascida que foi encontrada morta no aterro controlado de Macapá, antiga lixeira pública, que fica na BR-210 a 14 quilômetros do centro da cidade. De acordo com o boletim do Ciodes, por volta de 1 hora da madrugada deste sábado, 19, o responsável pela lixeira, Afonso dos Santos, encontrou a criança e acionou a polícia.

O delegado que estava de plantão no Ciosp do Pacoval, Inácio Maciel, foi ao local para constatar a informação e acionar a Politec para a remoção do cadáver. A Polícia Civil ainda não tem nenhuma pista de quem poderia ter jogado a criança na lixeira. Aparentemente, segundo a Politec, a criança nasceu no local e foi deixada ali mesmo.

As investigações, de acordo a Polícia Civil, vão começar pelas comunidades que ficam às proximidades da lixeira. A ideia é descobrir se alguma mulher nessas comunidades estava grávida. A polícia também espera que a Politec possa ter encontrado alguma pista no local onde a criança foi encontrada. O sexo do bebê não foi revelado.

Compartilhamentos