Compartilhamentos

Começam neste domingo, 13, as festividades de São Tiago, umas das manifestações religiosas mais tradicionais do Amapá. Em 2014, a festividade completa 237 anos de história atrelada a uma das primeiras cidades quilombolas do Estado, sendo criada com a chegada do povo marroquino nessa região. Para dar início a programação, a imagem do santo sai de Mazagão neste domingo com destino a Macapá para uma peregrinação.

A partir de segunda-feira, 14, a imagem percorre vários órgãos públicos até a chegada a igreja de São Tiago, quando uma missa será celebrada pelo bispo de Macapá, Dom Pedro José Conti. A peregrinação continua por várias casas de famílias tradicionais de Mazagão que moram em Macapá, até o retorno para Mazagão Novo, na terça-feira, 15.

 

Foto Rostan Martins

Baile dos mascados, um dos pontos altos da festa. Foto: Rostan Martins

Após o translado entre Mazagão Velho, Macapá e Mazagão Novo, a imagem ficará na igreja de São Tiago para oito dias de novenas, apresentações culturais e bailes. A programação continua no dia 24 com o tradicional baile das mascaras, que marca o início das encenações teatrais que narram a luta entre cristãos e mouros ocorrida na África em seu período colonial.

No dia 25, acontece a grande encenação da luta entre mouros e cristãos, que é teatralizado por moradores do município que mantém a tradição viva há mais de dois séculos. Com o passar do tempo, outros valores foram agregados, como o atendimento de saúde às pessoas que assistem a encenação. “Este ano a coordenação da festa pretende inovar no que se refere à estrutura do evento e a programação cultural. É uma forma de atrair e dar mais comodidade aos visitantes”, disse o presidente da Associação Cultural da Festa São Tiago, André Jacarandá

Compartilhamentos