Compartilhamentos

Algumas das principais lideranças políticas e chefes de Poderes expressaram condolências à família do humorista Antônio Pádua Pires Borges, de 49 anos, o Lurdico. Assembleia Legislativa, Câmara de Vereadores e alguns candidatos ao Governo e Senado divulgaram notas nas redes sociais se solidarizando com a família. O chargista Sandro Oliveira também homenageou o humorista com um último desenho.

Em nota oficial, o presidente em exercício da Assembleia Legislativa, Júnior Favacho (PMDB), lembrou que Lurdico e Vardico (interpretado pelo primo Nilson Borges) conseguiram romper os limites do Amapá e já faziam sucesso no estado do Pará em programas de rádio. O presidente da Câmara, Acácio Favacho (PMDB) disse que, além de artista e comunicador, Pádua era “atuante agente político e formador de opinião”.

Candidatos ao Governo do Estado também se manifestaram. Waldez Góes (PDT) considerou ser impossível mensurar o tamanho da perda. “Alegria espontânea, a inteligência singular, irreverência popular e genuinamente amapaense de Lurdico se potencializavam na parceria com o primo Nilson”, disse o ex-governador também em nota.

Pádua entre a esposa Maria e a filha Hana

Pádua entre a esposa Maria e a filha Hana. Reprodução: Álbum de família

O governador Camilo Capiberibe (PSB), candidato à reeleição, reconheceu que a morte de Pádua “foi uma grande perda para o meio artístico amapaense”.

Para o candidato ao Governo, Bruno Mineiro (PT do B), a cultura do Amapá “perdeu um de seus expoentes”. Lucas Barreto (PSD), também candidato ao governo, disse que poucos artistas do Amapá “encarnavam tão bem a essência do homem da Amazônia” como Antonio Pádua.

O candidato ao Senado, Davi Alcolumbre (DEM), disse em seu perfil no Facebook, que conhecia Pádua e os dois sempre tiveram uma boa relação. “Como todos que riram, é certo que também sentiremos sua ausência”, comentou Davi.

O chargista Sandro Oliveira fez um último desenho do humorista também como homenagem. Usou palavras típicas do vocabulário amazônico para dizer que Lurdico vai continuar fazendo humor, agora no céu.

O corpo do humorista e radialista está sendo velado na Assembleia Legislativa. O sepultamento será às 17 horas no Cemitério São José, Bairro Santa Rita.

Compartilhamentos