Compartilhamentos

O movimento nos balneários também chama atenção da Capitania dos Portos durante o mês de julho. É que nessa época aumenta o número de embarcações circulando nos rios e motos nauticas nas praias. Por conta disso a Marinha está realizando um trabalho de fiscalização para garantir a segurança de banhistas e também de passageiros de embarcações. Ao todo 40 militares em seis embarcações e duas viaturas estarão vigiando sete municípios banhados pelo rio Amazonas nos estados do Amapá e Pará.

???????????????????????????????

Nos portos a fiscalização vai se concentrar no número de passageiros para evitar a superlotação nos barcos, principalmente devido ao grande número de pessoas que se desloca para cidades que ficam nas ilhas do Pará, como Afuá e Breves. A Marinha também vai estar de olho nas embarcações que não tem equipamentos cobrindo o eixo do motor, que costumam fazer vítimas de escalpelamentos.

???????????????????????????????

A operação está baseada no balanço feito sobre as ações ocorridas em 2013 quando as principais infrações detectadas foram: tripulação com uniforme em desacordo com a Norma da Autoridade Marítima (NORMAM-21), falta de documentação, tripulação inabilitada, ingestão de bebida alcoólica e excesso de carga e passageiros.

Marinha também pede a ajuda da população que pode fazer denúncias através do Disque Segurança da Navegação, no número 0800-280-720.

Compartilhamentos