Compartilhamentos

No mundo globalizado de hoje é cada vez mais comum as pessoas utilizarem a Internet para baixar músicas, vídeos de toda ordem e filmes. Mas existem aqueles que ainda cultivam o hábito de visitar as videolocadoras em busca dos filmes preferidos. Para alguns é apenas um passatempo, mas para a maioria isso representa cultivar hábitos saudáveis dentro da própria família. Afinal, pipoca, refrigerante e o conforto de casa com os familiares não tem preço.

Passatempo

Considerado um ramo em extinção para muitos, as videolocadoras ainda alimentam o vício de cinéfilos apaixonados. Tempos atrás os filmes em VHS eram caros e difíceis de adquirir. Mas depois que surgiram no mercado pessoas que montaram pequenos negócios para alugar fitas, tudo ficou mais simples. As fitas Beta Max não renderam muito dinheiro, então o mercado passou a vender fitas VHS mais baratas. As primeiras eram piratas, depois vinham com um selo que mostrava que eram legais. Com o surgimento do DVD as videolocadoras passaram rapidamente a locar DVDs ao invés de fitas VHS, que sumiram das prateleiras. Agora o Blu-Ray está entrando no mercado e nas locadoras cada vez mais. Isso facilita a vida de quem é viciado em uma pipoca com bom filme em casa.

Em uma locadora tradicional de Macapá, os clássicos são os filmes mais procurados pela clientela. A explicação é simples: muitos acadêmicos procuram os longas-metragens por orientações de professores, mas tem gente que procura por pura paixão. “Eu gosto de filme antigos em preto e branco. Filme é versão, mesmo que fictícia da história. É um hábito antigo dos meus pais e que hoje carrego comigo”, comentou o professor universitário, Eduardo Couto.

A videolocadora existe há 19 anos na capital, segundo a gerente, Susana de Souza Gouveia, muitos clientes são fieis e afirmam que locar é melhor que ir ao cinema ou baixar da Internet, “Os clientes dizem que na locadora a variedade é maior. Você leva quantos desejar, sem contar que não gasta memória do computador para guardar. Muitos preferem esperar o filme chegar na locadora do que ir ao cinema porque em casa é mais cômodo”, explica a gerente que é apaixonada por filmes. Muitos cliente preferem filme em Blu-Ray 3D, já que tem melhor qualidade de imagem.

Alexandrina Alberto

Alexandrina Alberto

Nos últimos anos as videolocadoras resolveram variar para atrair todo tipo de cliente. Nas prateleiras não existem apenas filmes, mas também games, sendo que os mais procurados são Ps3 e X-box. As séries de TV mais populares também são encontradas nas locadoras. Hoje as mais procuradas são Game of Trhones e Sobrenatural. A universitária Alexandrina Alberto, de 22 anos diz que é cinéfila ao extremo. Para ela locar filmes é tão comum quanto comprar comida. “Eu gosto de alugar comédia romântica e ação. O filme é a sétima arte. Às vezes representa o desejo de uma outra realidade, um passatempo ou mesmo companhia. Sou apaixonada por filmes e seriados”, confirma a universitária.

 Assistir filmes em casa é programa para a família inteira. Todo mundo no sofá, pipoca e refrigerante. Dentre os filmes mais procurados nesse mês estão os lançamentos Robocop e o Hobbit 2. Para a dona de casa Emília Santos é uma forma de reunir a família e se divertir. “Eu agradeço que as locadoras existirem. Toda semana pegamos filme de comédia e aventura. Um programa praticado por mim e meu marido desde quando namorávamos e hoje nossos netos sempre vão em casa para a sessão pipoca”, conta ela.

Demetrio Azevedo Araujo,

Demetrio Azevedo Araujo,

Outro cinéfilo que adora videolocadoras é o historiador Demétrio Azevedo Araújo, de 29 anos. Ele acredita que o filme influencia as pessoas assim como as telenovelas. “Por meio do filme as pessoas adquirem percepções e reações diferentes, conhecem realidades e vivenciam culturas. Quem deseja conhecer o mundo sem sair de casa e só locar filmes e viajar na poltrona de casa”.

Como sempre, os meses de férias são os que lotam as videolocadoras. Os filmes vão para locadoras, em média, dois meses depois de saírem no cinema e custam R$ 4,00 a locação, os games custam R$ 5,00. Uma ótima opção pra quem prefere se divertir em casa, juntar a família e economizar.

Compartilhamentos