Compartilhamentos

Após conseguir prender Elizeu Ferreira dos Santos, de 21 anos, um dos assaltantes mais procurados do Amapá, por meio de uma denúncia feita pelo aplicativo Whatsapp, o Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar (BOPE) está intensificando a disseminação desse novo canal de comunicação com a população.

Segundo o tenente Daciel Coelho, o canal tem surtido bastante efeito em pouco mais de duas semanas de funcionamento. “Com as denúncias anônimas que recebemos pelo canal, já conseguimos fazer apreensão de drogas e de outros fugitivos da polícia. Por isso, vamos incentivar a população a entrar em comunicação com as nossas equipes diretamente”, comentou.

Na manhã desta segunda-feira, 18, uma denúncia pelo canal conseguiu levar ao paradeiro de um integrante de uma quadrilha que já conseguiu roubar cerca de R$ 800 mil em pelo menos cinco assaltos a bancos e correspondentes bancários espalhados pelo Amapá e Pará.

Bope garante o anonimato dos informantes. O aparelho que recebe as informações está sob o comando do setor de inteligência do Batalhão, o que garante o anonimato até das equipes de Captura que averiguam as situações repassadas pelos informantes.

Compartilhamentos