Compartilhamentos

A Polícia Civil afirma ter identificado o corpo encontrado na manhã da última segunda-feira, 11, dentro da área de mata que pertence à Unifap. Trata-se de Railson dos Santos, de 14 anos.  

A polícia chegou até o local depois que moradores do entorno sentiram um forte odor e acionaram o 190. Ao chegar ao terreno, os policiais encontraram o corpo do menino nu e com sinais de perfurações.

A polícia trabalha com a hipótese de roubo seguido de morte depois que um rapaz de 17 anos foi apreendido. Ele confessou que estava no local do crime, mas negou participação. “Ele disse que foi um maior de idade que matou porque queria roubar o celular da vítima. Esse menor diz que ficou de braços cruzados olhando o assassinato, mas essa versão pode mudar quando prendermos o outro suspeito”, explicou o delegado Plínio Roriz, da Delegacia de Atos Infracionais (Deiai).

Railson estava desparecido desde o último fim de semana e o corpo dele foi reconhecido por familiares. É a segunda vez que um cadáver é encontrado dentro da área da Unifap. Em junho, um rapaz também foi assassinato durante um assalto.

 

Compartilhamentos