Compartilhamentos

Até hoje quando se falava nos bairros Araxá e Pedrinhas, em Macapá, o índice de violência era um dos assuntos mais debatidos. Narrativas de casos de assaltos eram comuns, principalmente de comerciantes, que eram os mais visados nas ações de assaltantes. Mas, essa realidade está mudando após a instalação da Unidade de Policiamento Comunitário (UPC). Segundo os números de um mês de ações, os casos de assaltos diminuíram significativamente.

Balanço UPC (3)

As estatísticas divulgadas pelos relatórios da UPC apontam que apenas no mês de julho, em que a Unidade passou o mês todo fazendo ronda, os números de ocorrências policiais dentro do bairro caíram bastante. De acordo com o relatório, no mês de maio ocorreram 48 roubos dentro dos bairros. Em junho o número reduziu para 42. “Após a UPC, que foi instalada no dia 24 de junho, os números caíram bastante, com apenas 20 casos de assaltos registrados, isso em um período de férias, em que as ações tendem a aumentar”, contou o comandante da UPC, tenente Alex Sandro Chaves.

A comunidade já começa a perceber a diminuição nos índices. “Nem ouvimos mais relatos sobre assaltos que tenham ocorrido em nossa área. Os comerciantes confirmaram que a presença da UPC deixa os bairros mais calmos”, contou a funcionária de uma loja de confecção, que preferiu o anonimato.

Vendedora que não quis se identificar

Vendedora que não quis se identificar

Ela conta que antes era comum as pessoas flagrarem roubos ocorridos em via pública a qualquer hora do dia. Os moradores e pessoas de fora dos bairros eram normalmente assaltadas. “Antes a gente via os assaltantes passarem andando tranquilamente após cometerem algum crime. Eles sabiam que seria difícil a polícia localizá-los. Agora a situação ficou melhor e a população está mais segura”, acrescentou a vendedora.

Durante o mês de julho, 59 pessoas foram conduzidas por conta de diversos crimes: oito por roubo, quatro por porte ilegal de drogas, três por entorpecentes, dois foragidos da justiça, e 42 por outros crimes. “Toda essa movimentação vem ajudando bastante dentro do bairro. Não ouvimos mais relatos de assaltos a comerciantes. Claro que os roubos continuam, mas não com a mesma intensidade de antes, o que proporciona mais tranquilidade aos moradores”, contou o proprietário de um Mini Box no bairro Pedrinhas.

Para a polícia, todo esse resultado faz parte de uma ação conjunta, que conta a contribuição dos moradores, que ajudam na solução dos casos.

Compartilhamentos