Compartilhamentos

O juiz eleitoral Cassius Clay determinou que a Polícia Federal abra inquérito para investigar a divulgação de uma pesquisa de intenção de votos registrada no Tribunal Regional Eleitoral pelo instituto RGC Borges e o Jornal O Tablóide. Apesar de já haver uma liminar proibindo a divulgação, no último domingo, 17, dois jornais diários da capital continuaram a publicar o resultado, desta vez da aferição feita no município de Santana.

A pesquisa de intenção de votos mostra números na disputa pelo Governo do Amapá e Senado. A ação está sendo movida pela coligação “Frente Popular a Favor do Amapá”, formada pelo PSB, PT, PSOL e PC do B, que já já tinha conseguido liminar suspendendo a divulgação feita por vários jornais na semana passada. Apesar da suspensão, houve nova divulgação no último fim de semana mostrando o resultado em Santana.

Em sua decisão, o magistrado diz “haver indícios de crime de divulgação de pesquisa fraudulenta”. O juiz determinou a notificação de todos os veículos de comunicação, incluindo emissoras de rádio, televisão e jornais impressos.

O juiz ordenou ainda que todos os exemplares dos jornais que publicaram a pesquisa sejam recolhidos das bancas, sob pena de multa de R$ 50 mil. Duas empresas que editam jornais já foram multados em R$ 20 mil pelo descumprimento da primeira liminar. 

Compartilhamentos