Compartilhamentos

Em vistoria realizada na manhã dessa quarta-feira, 17, no Centro Socioeducativo de Internação Masculina (Cesein), o Batalhão de Operações Especiais (Bope) e o 8º Batalhão da Polícia Militar encontraram uma grande quantidade fumo, 15 estoques (armas branca de confecção caseira), 10 porções de entorpecentes e sete celulares e carregadores.

A vistoria feita no Cesein aconteceu por conta de um pedido da diretoria que informou ao Bope a possibilidade de haver uma grande quantidade de materiais não permitidos dentro do Centro. Por volta das 6 horas, todos os 75 internos foram retirados das celas para que a equipe de vistoria e os cães farejadores pudessem realizar a busca.

teteia

Uma das “tetéias” encontradas dentro do Cesein

Os policiais também encontraram algumas “teteias”, que são ganchos feitos com fio de cobre e barbantes usados para fazer troca de materiais entre as celas. “É um material usado para dois fins: primeiro para a troca de alguns produtos entre os pavilhões, como são cigarro, por exemplo. Mas a “teteia” é mais usada para possibilitar a entrada de produtos irregulares para dentro do centro”, contou o capitão Max Almeida, do BOPE.

As teteias também são jogadas por cima do muro do Cesein para que pessoas de fora possam amarrar entorpecentes, celulares e tabaco, entre outros produtos proibidos que depois são puxados pelos menores para dentro do complexo nos momentos de recreação.

 

Compartilhamentos