Compartilhamentos

Foi liberado na quarta-feira, 10, o tráfego de veículos na “Ponte do Armândio”, na BR-156, município de Calçoene (460 quilômetros de Macapá). A estrutura desabou no dia 31 de agosto. A Secretaria de Estado dos Transportes (Setrap) construiu uma nova ponte no local.

De acordo com a Setrap, o tráfego no trecho está fluindo normalmente. O desvio, que foi improvisado para a passagem de veículos para o município de Oiapoque no período da obra, já foi fechado. A nova ponte tem 15 metros de extensão em madeira por 4,6 metros de largura e suporta 10 toneladas por eixo. A obra custou aproximadamente R$ 170 mil.

Ponte de 10 anos não suportou o peso da carreta no dia 31 de agosto

Ponte de 10 anos não suportou o peso da carreta no dia 31 de agosto

A ponte fica próximo da Comunidade do Carnot, e desabou com o peso de uma carreta bi-trem, carregada com aproximadamente 120 toneladas de madeira. Esse tipo de veículo é muito pesado. As carretas duplas prejudicam a estrutura das pontes que só suportam no máximo 20 toneladas por eixo.

A ponte do Amândio havia sido construída há dez anos, e passou por reforma há um ano e meio. A ponte não apresentava nenhum risco de desabar, conforme relatório da Setrap feito na última vistoria este ano.

Entre Macapá e Oiapoque ainda existem 37 pontes em madeira. Todas recebem manutenção periodicamente, segundo a Setrap.

Foto; Setrap

Compartilhamentos