Compartilhamentos

Faca nos dentes

luciana genro

Senador Randolfe Rodrigues (PSOL) tem mantido a serenidade frente aos ataques da “companheira” de legenda Luciana Genro, candidata à Presidência pelo PSOL. Luciana desceu dos saltos ao saber que Randolfe pode mudar de sigla (provavelmente a Rede, de Marina Silva). Lideranças do PSOL tem demonstrado preocupação com o “desequilíbrio” da candidata que não consegue sair de 1% nas pesquisas de intenção de votos.

Censura prévia para Marcivânia

marcivania_flexa

Depois de um acordo com a cúpula do PSB, Professora Marcivânia (PT), candidata a deputada federal, conseguiu finalmente veicular seus programas de televisão no horário eleitoral da coligação. A principal condição imposta pelo PSB: as peças não podem criticar a atual situação do Estado. O primeiro programa de Marcivânia tinha esse tom e foi encarado pelo governo como campanha favorável a candidatos adversários.

Censura prévia para Marcivânia 2

Marcivânia ainda espera o resultado de uma ação que corre no Tribunal Regional Eleitoral. Ela quer o ressarcimento dos dias perdidos no horário eleitoral por boicote do PSB, o equivalente a 6 programas.

 Apoio das consignações

Candidato à reeleição, Camilo Capiberibe (PSB) é bem cotado entre as empresas que emprestam dinheiro para funcionários públicos. Quando assumiu o governo, em 2011, ele negociou e pagou tudo o que o governo anterior tinha deixado de repassar para as financeiras. Na última segunda-feira, 02, ele se reuniu com representantes dessas empresas num colégio particular no Centro da capital.

Davi x Gilvam

davi e gilvam

Marketing de Gilvam Borges (PMDB) decidiu intensificar artilharia em cima de Davi Alcolumbre (DEM). Os dois polarizam a corrida pelo Senado. A campanha de Davi continua com a estratégia de posicioná-lo como estadista e como político de propostas. Gilvam também tem feito propostas, como construir passarelas de concreto em áreas alagadas. Detalhe: o cargo é de Senador, não de prefeito.

 Carlos Lobato

LOBATO

Jornalista e radialista Carlos Lobato vai terminar as eleições como um dos profissionais de comunicação mais processados da campanha. São mais de 40 ações, todas movidas pela coligação “Frente Popular”, encabeçada pelo PSB. Entre uma audiência e outra, Lobato mantém a postura em seu programa de rádio, o Tribuna da Cidade, agora gerado a partir das Antena 1 (102,9).  Dono de reconhecida retórica e conhecimento jurídico, até agora não foi condenado em nenhuma das ações.

TV 1

Entre os candidatos ao Senado, Davi tem o melhor programa de televisão no conjunto da obra (visual, estratégia e propostas). As peças do Promotor Moisés (PEN) também tem sido bem avaliadas.

TV 2

Entre os candidatos ao governo, Lucas Barreto (PSD) começa a acertar a mão na campanha de televisão. Começou ruim, com estratégia duvidosa e sem conteúdo, e agora, finalmente, iniciou a fase de propostas, que na verdade é o que o grande público quer ver.

 

Compartilhamentos