Compartilhamentos

Pesquisa

 IBOPE

O Ibope deve divulgar até a próxima quinta-feira, 11, a segunda pesquisa para Governo e Senado. O instituto ficou de pedir o registro no TRE até a sexta-feira passada. 

 

Desistência à vista

 

Pelo menos um dos sete candidatos ao Governo do Estado deve desistir da campanha depois do resultado da próxima pesquisa do Ibope. Assessores mais próximos dele dão a desistência como certa, caso o Ibope confirme que não houve crescimento.

 

Sem troca

 

Charles Chelala procurando motivar

Economista Chales Chelala

A direção estadual do PSOL tem negado que pretenda substituir o candidato a vice na chapa de Camilo Capiberibe (PSB). A vaga que hoje é de Rinaldo Martins seria preenchida pelo economista Charles Chelala. 

 

Sucam

Deputados federais devem se reunir na próxima terça-feira, 9, com ex-funcionários da extinta Sucam. São 320 “guardas” que alegam terem sido contaminados com o DDT, produto usado no combate ao mosquito transmissor da malária, principalmente entre os anos de 1970 e 1980. Os servidores querem que a bancada pressione o governo a reconhecer os pedidos de indenização .

 

Debates

Pelo menos duas instituições já manifestaram intenção de realizar debates entre os candidatos ao Senado. A primeira foi a Unifap. Será no próximo dia 25. A Diário FM também organiza evento no dia 23.

Passando longe

Governador preferiu não cumprir a tradição de acompanhar o 7 de Setembro

Governador preferiu não cumprir a tradição de acompanhar o 7 de Setembro

O atual governador Camilo Capiberibe seguiu o conselho de seus assessores e nem chegou perto do sambódromo neste domingo, onde ocorria o desfile de 7 de Setembro.   

Bate-Boca dos Poderes

desembargador luis carlos

Desembargador Luis Carlos Gomes dos Santos. Foto: Ascom/TRE

Foi feia a discussão entre o secretário de Planejamento do Estado, José Ramalho de Oliveira, e o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Luis Carlo Gomes dos Santos. Aconteceu no dia 19 de agosto numa reunião no Palácio do Governo para debater repasses orçamentários. Depois de ter sido chamado de “anão moral”, o magistrado poderia ter dado voz de prisão para o secretário. Conversa foi gravada clandestinamente e vazou na semana passada nas redes sociais com direito a arte ilustrativa.

Compartilhamentos