Compartilhamentos

O Núcleo de Hidrometeorologia do Iepa emitiu alertas às gerências de hidrelétricas do Amapá por conta da previsão de muita chuva nas cabeceiras dos rios Falsino, Araguari, Amapari e Oiapoque. Segundo o núcleo, não há garantia das chuvas, mas é sensato estar atento a essas previsões.

Meteorologista do Iepa, Jefferson Vilhena

Meteorologista do Iepa, Jefferson Vilhena

Não se sabe se realmente ocorrerão essas chuvas, porém todos já estão avisados. “Por conta da falta de estações de observações não há como o Núcleo de Meteorologia verificar se realmente ocorrerão essas chuvas nas áreas previstas, mas todas as hidrelétricas que podem ser influenciadas já foram notificadas”, disse o meteorologista Jefferson Vilhena (foto).

Para Macapá, a previsão era que chovesse cerca de 50 milímetros em setembro, um quantitativo alcançado apenas com a chuva que aconteceu no dia 07. Esse fato que pode significar que as chuvas previstas para outras áreas possam ter caído na última semana. Os meteorologistas também apontam que chuvas fortes podem acontecer no final de novembro, quando começa o inverno no Norte do Brasil.

Compartilhamentos