Compartilhamentos

Um vídeo feito pelo repórter policial Jairzemberg mostra os momentos após o assassinato de um taxista no fim da tarde da última quinta-feira, no Bairro do Muca. As imagens mostram o passageiro que, segundo a polícia, era o verdadeiro alvo, ferido gravemente. Neudo Muniz dos Santos, o “Cotoco”, levou quatro tiros, mas sobreviveu.

O crime ocorreu frente à Escola Estadual Cecília Pinto, na Rua Professor Tostes. A vítima estava dentro de um táxi quando quatro pessoas em duas motos emparelharam com o veículo e efetuaram vários disparos contra o automóvel.

O taxista Tadeu Silva, de 46 anos morreu tentando fugir do ataque. Ele foi  atingido três vezes nas costas. Neudo levou um tiro na mão, no peito e nas pernas, e foi encaminhado para o Hospital de Emergência (HE) onde passou por cirurgia e vai viver.

Ao fundo, é possível ouvir no vídeo os gritos de desespero de um possível familiar do taxista morto no local. Segundo a Polícia Militar, o homicídio ocorreu por conta de uma briga pelo controle de tráfico de drogas no Canal do Beirol. A suspeita é que um traficante do Conjunto Laurindo Banha, conhecido como “Luizinho”, tenha sido o mandante do homicídio. Ninguém foi preso até o momento.

Compartilhamentos