Compartilhamentos

A Polícia Civil do Amapá está investigando uma quadrilha que estaria usando estagiários e servidores do Departamento de Trânsito (Detran/AP) para conseguir documentos e “esquentar” veículos roubados. Na sexta-feira, 26, dois estagiários do órgão foram presos com documentos de 31 motos dentro de uma mochila. Os dois têm 18 anos.

Os estagiários entregaram para a polícia o nome da pessoa que iria comprar os documentos. Em uma diligência na casa do comprador a polícia encontrou duas motos e 26 CRLVs, que são documentos de licenciamento, furtados do Detran.

No início do mês passado, um policial militar e um despachante foram presos em uma operação da Polícia Civil acusados de receber propina para facilitar a emissão de Carteira de Habilitação, retirada de multa do sistema do Detran e liberação de CNHs apreendidas.

Compartilhamentos