Compartilhamentos

Quatro candidatos ao Governo do Estado participaram do debate promovido nesta sexta-feira, 26, pela Rádio Diário FM. Dos cinco que mais pontuaram na última pesquisa do Ibope, apenas Bruno Mineiro (PTdoB), Camilo Capiberibe (PSB), Jorge Amanajás, (PPS) e Lucas Barreto (PSD) compareceram. Waldez Góes (PDT) enviou comunicado afirmando que não poderia estar presente.

O debate foi dividido em 3 blocos, começando por apresentação, perguntas de populares, jornalistas e profissionais de várias áreas, e fechando com as considerações finais. Todas as perguntas foram sorteadas, assim como, os candidatos que as responderia. As torcidas organizadas e militantes das coligações puderam acompanhar o debate nos televisores de LED do lado de fora da sede da emissora.

 

Militâncias acompanharam o debate do lado de fora do prédio

Militâncias acompanharam o debate do lado de fora do prédio

Os candidatos debateram sobre inclusão digital, segurança pública, educação, empreendedorismo, saúde e infraestrutura. Ao término do debate, cada candidato conversou com SelesNafes.Com. Confira:

 

SelesNafes.Com: Se eleito, qual será a marca do seu governo? 

 

Bruno Mineiro (PTdoB)

“Vamos trabalhar o desenvolvimento econômico do estado do Amapá, modernização da gestão e investimento no social. Sabemos a necessidade que o estado tem hoje de abrir as portas para o mercado que quer investir. Dessa forma, vamos fazer um estado mais forte, garantindo uma gestão efetiva na saúde, educação e segurança pública. Vamos investir no social, nas famílias que precisam do governo. Garantimos o programa Renda Para Viver Melhor para um salário mínimo, Cheque moradia e o investimento no Jovem Trabalhador”.

ORGANIZAÇÃO

Candidatos com a organização do debate

 

Camilo Capiberibe (PSB)

“Vamos colocar a casa em ordem. Abri as portas do Amapá para os grandes investimentos, tanto públicos quanto privados. A marca da minha gestão será reconstruir a infraestrutura do estado que é o que permite o desenvolvimento acontecer. Vamos continuar fazendo grandes investimentos, principalmente no esgoto e água. o desafio para o próximo mandato é avançar no saneamento básico e garantir a conclusão de todas essas grandes obras que o governo está fazendo para melhorar a vida do povo”.

 

Jorge Amanajás (PPS)

“Vamos desenvolver o Amapá. Fazer esse estado sair dessa dependência total que temos hoje do funcionário público. Vamos incrementar nossa economia. Temos potencialidades econômicas no setor primário e industrial. Na minha gestão, vamos fazer o estado andar e o dinheiro circular no Amapá fazendo com que indústrias e o comércio interno invistam no estado. Desenvolvimento será a minha marca.

 

Candidatos no estúdio durante o debate.

Candidatos no estúdio durante o debate.

Lucas Barreto (PSD)

“A nossa principal marca será a eficiência administrativa para fazer com que os recursos públicos possam ser otimizados, além de dar prioridade à saúde. Na nossa gestão a vida será a principal prioridade. É preciso ter saúde básica, educação e infraestrutura mínima para alavancarmos o Amapá. Nós vamos fazer isso. Vamos priorizar o povo que nos elegeu e necessita de atenção.

Compartilhamentos