Compartilhamentos

Já estão lacradas 550 urnas eletrônicas para as Eleições Gerais 2014 no Amapá. Na manhã desta quinta-feira, 25, o Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE-AP) continuou as audiências de carga e lacre das urnas. A expectativa do Tribunal é que o processo seja finalizado até esta sexta-feira, 26.

O primeiro cartório a efetuar o procedimento foi o da 2ª Zona Eleitoral. Foram lacradas 550 urnas sendo 50 para reserva. Nesta quinta-feira o procedimento começou nas urnas da 10ª Zona Eleitoral de Macapá. O processo visa inserir os dados dos candidatos. Após isso, o equipamento biométrico é lacrado  e só será reaberto  no dia da votação. Este ano 455.514 eleitores irão às urnas no dia 5 de outubro no Amapá.

Juiz Reginaldo Andrade: a carga é feita com transparência

Juiz Reginaldo Andrade: a carga é feita com transparência

Cada Zona Eleitoral fará sua audiência de carga e lacre das urnas. As que funcionam nos municípios do interior devem executar o processo até o dia 3 de outubro em suas respectivas sedes. “No Amapá, todas as zonas do estado estarão com equipamentos biométricos. Os eleitores já foram orientados durante o cadastro biométrico e precisam estar com documento oficial na hora da votação. Assim garantimos a segurança e o exercício de cidadania”, ressaltou o juiz eleitoral, Reginaldo Andrade.

Para a 10ª Zona Eleitoral serão lacradas 403 urnas eletrônicas que compreendem todos os bairros da Zona Norte de Macapá até os distritos de São Joaquim do Pacuí e Bailique.  As audiências públicas de lacre e carga das urnas visam garantir a segurança e a credibilidade dos programas computacionais utilizados no pleito. “Tudo é feito com a maior transparência possível para evitar erros. Além disso, temos todo o cuidado de mostrar como é feito todo o processo que só acaba com a contagem dos votos”, disse a chefe do Cartório Eleitoral, Ana Bela.Segunda-feira, 29, os equipamentos da 6ª zona eleitoral, do município de Santana serão carregados e lacrados.

 

Compartilhamentos