Compartilhamentos

Uma pessoa morreu na manhã desta terça-feira, 28, depois de perder controle da moto na Rodovia JK. José Picanço Telo, de 26 anos, era morador do Bairro Murici e morreu na hora. Segundo testemunhas, o motociclista vinha em alta velocidade e bateu em um buraco antes de colidir com lixeira residencial.

Lixeira onde o motoqueiro bateu depois de perder o controle

Lixeira onde o motoqueiro bateu depois de perder o controle. Fotos: Anderson Calandrini

Pessoas que trabalham próximo ao local disseram que é comum as pessoas perderem o controle da moto por causa do buraco e de um falha no asfalto. Para o oficial de área, Sargento Marcelo Rachid, a velocidade foi a responsável pela morte violenta. “Durante o perímetro da JK a velocidade máxima é de 60 km/h, porém as pessoas abusam da velocidade e acabam agindo contra a própria vida” avaliou.

Com o impacto, José foi arremessado cerca de 10 metros após bater na lixeira, uns 100 metros depois do buraco que provocou a queda. A vítima caiu em uma das vias da JK enquanto que a moto atingiu o muro de uma residência. Por conta de acidentes como esse, JK já é a rodovia estadual mais perigosa do Amapá.

Compartilhamentos