Compartilhamentos

A partir desta quinta-feira, 23, estão proibidas as reuniões partidárias ou comícios com os dois candidatos que disputam o 2º turno das eleições para governo do Amapá. Ficais do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AP) estão nas ruas para verificar se a determinação está sendo cumprida. Outras datas também devem ser obedecidas pelos partidos.

Segundo o calendário eleitoral, sexta-feira, 24, será o último dia para a realização de debates entre os dois candidatos. Na sexta também termina a propaganda eleitoral gratuita em televisões e rádios.

Já o sábado, 25, conforme a lei 9.504/97, é o último dia para a propaganda com alto-falantes ou amplificadores nas ruas. A data também é limite para a distribuição de materiais gráficos, caminhadas, carreatas, passeatas ou carros de som que possam transitar divulgando mensagens de candidatos.

No dia da eleição é permitida apenas a propaganda individual e silenciosa dos eleitores, momento em que a Justiça Eleitoral estará fiscalizando qualquer irregularidade que possa ser cometida por partidos e partidários. Um último prazo segue até 48 horas após as eleições, momento em que nenhum eleitor poderá ser preso, com exceção para flagrantes delitos.

Compartilhamentos