Compartilhamentos

Uma denúncia anônima de boca de urna levou a Policia Federal a apreender quase R$ 20 mil no Município de Laranjal do Jarí, Sul do Amapá, no domingo, 26, dia das eleições em segundo turno. Junto com o dinheiro, os policiais encontraram anotações e materiais de campanha que seriam destinados à prática de crime eleitoral. A PF não informou se houve prisões neste caso.

Em Macapá uma pessoa foi presa pelo crime de transporte irregular de eleitores. Também na capital foi lavrado um Termo Circunstanciado por desordem provocada, o que prejudicou o trabalho da Justiça Eleitoral.

Além das pessoas conduzidas pela prática de crimes eleitorais a PF ainda levou dez pessoas em todo o estado para prestarem depoimentos por atitudes suspeitas.

 

Compartilhamentos