“Quase desisti depois da morte do Pádua”, diz Cabuçu, agora deputado federal

Compartilhamentos

No último domingo, 05, Luiz Gionilson Pinheiro Borges, de 50 anos, foi eleito um dos oito deputados federais do Amapá com mais de 18 mil votos, sendo o terceiro mais votado. Economista formado em 1985 no Pará, Nilson decidiu ser humorista criando o personagem Vardico, da dupla Os Cabuçus. A parceria só acabou a morte de Pádua Borges, o Lurdico.

Nilson, como é tratado entre familiares e amigos, conta que o caminho até a Câmara Federal começou com uma imposição família em função de sua militância na cultura e pelo grande conhecimento das causas locais. “O grande incentivador da minha campanha foi meu primo Pádua Borges, que dividiu os palcos comigo por mais de 20 anos, e que nos deixou em julho deste ano, no momento em que estávamos traçando os caminhos da campanha”, contou Nilson.

Nilson e Pádua, juntos em dos shows da dupla

Nilson e Pádua, juntos em dos shows da dupla

Com a morte de Pádua, Nilson pensou em desistir da campanha, pois não sabia se teria forças para continuar a nova empreitada sem seu primo e amigo. “Naquele momento estava muito debilitado para uma empreitada como essa. Mas com a força da família e em respeito a todo esforço que o Pádua teve para moldar a campanha, encontrei forças para continuar”, acrescentou Nilson.

A união da dupla, até após a morte de Pádua, deu mais vida à campanha do Cabuçu Vardico, personagem criado por Nilson 1992 junto com o primo para fazer humor tipicamente caboclo. Vardico é um personagem caricato que marca uma era de personagens humorísticos na política, a exemplo do que ocorreu com o Tiririca em São Paulo.

Lurdico e Vardico, os cabuçus, quando começam a empreitada no rádio

Os cabuçus, quando começaram a empreitada no rádio

Apesar de ter usado o personagem para pedir votos, Nilson não aceita a comparação com Tiririca. Ele admite que o personagem foi usado, mas que o parlamento não será uma extensão do palco, mas um lugar para entrar em cena o parlamentar formado em economia. “Algumas pessoas julgam que serei eternamente um personagem. Isso não é verdade. A força da campanha foi realmente impulsionada pelo Vardico, personagem que desenvolvo há mais de 20 anos, mas quem estará lá na Bancada Federal será o economista Nilson Borges, que tem anos de experiência política por vir de uma família tradicionalmente política”, concluiu.

 

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.