Compartilhamentos

Na madrugada desta terça-feira, 28, um adolescente de 15 anos foi assassinado no Bairro das Pedrinhas, Zona Sul de Macapá. O Centro Integrado de Operações e Defesa Social (Ciodes) registrou a morte a partir da informação de populares de que um rapaz havia sido alvejado com um tiro e estava agonizando às proximidades da arena das Pedrinhas. A polícia descobriu depois que se tratava do mesmo suspeito de ter assassinado uma professora durante um assalto.

Raul estava foragido do Cesein

Raul estava foragido do Cesein

Um ambulância do Corpo de Bombeiros e uma viatura da Polícia Militar foram para o local onde o garoto estava. Foi verificado que ele apresentava perfuração de balas nas costas. Os paramédicos atestaram a morte ainda no local. O rapaz foi identificado como Raul Moares Pelaes, o “Pretinho”, que estava foragido do Cesein.

Ele foi morto por dois homens que estavam em uma moto, de acordo com testemunhas. A polícia trabalha com hipótese de acerto de contas. 

Pretinho é um dos suspeitos de assassinar a professora Maria Celes Ferreira, de 57 anos, em maio deste ano, em frente ao conjunto Mucajá, no Beirol. O caso causou comoção em Macapá. A professora, que era muito conhecida na capital, ainda procurou ajuda no Centro de Saúde São Pedro, no Bairro do Beirol, mas acabou não resistindo. 

Professora Maria Celes, vítima do assaltante

Professora Maria Celes, vítima do assaltante

Segundo testemunhas, Pretinho e um comparsa tentaram roubar a bolsa da professora que num gesto automático segurou o pertence para logo em seguida ser atingida por duas facadas, uma delas no pescoço. Os dois foram perseguidos por PMs e encontrados em uma casa na antiga Vila do Mucajá. Pretinho teria tentado agredir um dos policiais e foi atingido na pena por um tiro. O outro comparsa também foi ferido e os dois encaminhados para o Hospital de Emergência.

Pretinho se recuperou e foi aguardar a decisão da Justiça no Centro de Internação de Menores, o Cesein, de onde acabou fugindo.  

Compartilhamentos